Casório

Hoje fomos, a galera toda, ao casamento da Carol. Ela tinha virado evangélica, seu noivo e todos os outros convidados eram também evangélicos.

No meio da festa reparei um jipe. Cheguei mais perto pra olhar pensando
“parece com o carro da Dani”. Nisso chega a dona do carro pra sair e
fica me olhando com a cara de “o que ele quer com meu carro?”. Quando
ela abriu a porta notei que dentro, perto do painel, havia uma
churrasqueira suja de cinzas e gordura. Pelo interior do carro dava pra
ver que a churrasqueira já tinha sido usada muitas vezes.

Na hora do brinde rolou uma certa discórdia sobre a bebida. Nada sério, mas os evangélicos não queriam brindar onde tivesse álcool, e a galera não queria brindar com refri.

Resolvemos indo para um botequim comprar cerveja enquanto os evangélicos foram para o botequim ao lado, que era evangélico, comprar refrigerante. Por fim brindamos todos juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *