Véu de noiva

Estava no ônibus hoje e notei um companheiro de viagem assistindo um gol do Flamengo no celular. Lembrei como sou completamente apaixonado pelas redes das balizas no Maracanã, no estilo véu de noiva.

Nas redes comuns europeias, estilo caixa de fósforo, quando o chute é forte elas devolvem a bola ao campo. Quando a bola entra lentamente elas ficam lá, inertes.

Nas redes do Maraca é diferente. Não importa se é um balaço de fora da área, uma cabeçada ou um toque manso para o gol. As redes sempre acolherão a bola com carinho, fazendo-a dormir em seus braços. Pra quem está na TV, na arquibancada ou dentro do campo, não há dúvidas que bola entrou.

Pode parecer besteira, mas é até mais bonito quando o véu de noiva é estufado e bola morre no fundo do gol. Dá pra ver nesse Flamengo 2 × 1 Vasco, final do Carioca Especial de 1979, quando o campeonato ainda tinha relevância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *